Habilidades necessárias para liderar uma empresa de educação digital

Que nossa sociedade está em constante evolução, você provavelmente já sabe. E, com isso, se tornar líder de uma empresa, em um segmento extremamente importante como é o da educação, é, de fato, fundamental para se destacar perante o setor. Afinal, devido a pandemia, o cenário atual da educação exigiu muitas mudanças bruscas e, sendo assim, o papel de um líder nesta área se tornou essencial para conduzir e implementar novas diretrizes.

Segundo José Weinstein, professor da Universidade Diego Portales do Chile e membro do Centro de Desarrollo de Liderazgo Educativo, em entrevista para o Instituto Unibanco, para dar conta das grandes mudanças exigidas pela educação, na conjuntura atual, é necessário que, antes de mais nada, exista na instituição uma liderança sistêmica e coerente. Pois, a liderança ao nível da escola é imprescindível, mas ela, isoladamente na comunidade escolar, tem um teto restrito de ação. “A liderança de cada escola se potencializa muitíssimo quando está conectada com outras escolas e outros atores do setor público e é coerente com o que se passa no município, território, estado e país.”

Por muito tempo, a liderança educacional foi caracterizada como uma forma de controle baseada na opressão e dominação. Hoje em dia, porém, essa percepção mudou completamente. A liderança tem dentre os seus objetivos hoje, desenvolver habilidades para que profissionais/gestores extraiam o melhor de sua equipe, bem como de si mesmo, sendo capaz de elevar o potencial de sua empresa e tornar o ambiente mais colaborativo e ideal para todos.

Veja a seguir, as principais habilidades necessárias para liderar uma empresa no segmento educacional, com foco no digital.

Mas afinal, qual o papel de um líder numa empresa de educação digital?

O papel de um líder numa empresa de educação digital é, sem dúvida alguma, impulsionar a mudança e incentivar a transformação cultural. Assim, além de orientar de forma assertiva o seu time para que, de fato, a mudança possa acontecer da melhor forma possível, um líder de educação digital também precisa estimular o comprometimento e o foco da sua equipe. 

Além do mais, tendo um papel tão importante quanto disseminar a cultura do digital dentro da organização, o líder precisa ter uma absoluta compreensão dos recursos digitais e criar métodos para incentivar o comportamento perante os demais líderes e colaboradores da organização. Um relatório chamado The New Leadership Playbook for the Digital Age, publicado pelo MIT, mostra, inclusive, que 82% dos executivos entrevistados em mais de 120 países, acreditam que o conhecimento digital é essencial para os líderes. Porém, menos de 10% acham que seus próprios líderes estão preparados para este novo cenário.

O líder de educação digital também será responsável por fazer com que os colaboradores compreendam e adotem, definitivamente, as modernizações tecnológicas implementadas, evidenciando o que será alcançado e os benefícios que serão obtidos dentro de suas competências e a partir desta nova cultura.

7 habilidades necessárias para liderar uma empresa de educação digital

Saber ouvir: um líder precisa estar sempre disposto a escutar o posicionamento de sua equipe e ter a capacidade de analisar essas opiniões imparcialmente, conduzindo-as de forma conclusiva no objetivo de buscar a melhor solução para um questionamento. Sendo assim, o gestor encontra soluções que possam gerar o crescimento da sua instituição e também pode ajudar no desenvolvimento da comunidade escolar, de modo geral.

Planejar estrategicamente: trabalhar a capacidade de planejamento, através da definição de estratégias que tenham etapas possíveis de serem executadas como, por exemplo, atividades como: calcular prazos, delegar tarefas, monitorar e prever as consequências das ações executadas. Tal aptidão é imprescindível para o funcionamento de qualquer empresa de educação digital, principalmente quando esta influencia diretamente no aprimoramento e desenvolvimento de processos, para o sucesso da instituição. Por isso, o líder executivo educacional deve usar com sabedoria essa habilidade se quiser alcançar suas metas e objetivos.

Ser o principal motivador: a motivação deve estar presente dentro da instituição e cabe ao gestor disseminar este sentimento, tanto entre os membros de sua equipe, como também entre os seus alunos. Uma equipe motivada resulta numa maior produtividade, uma melhor organização e em um ambiente agradável. Isso influencia diretamente na relação com o aluno que, motivado, fica mais interessado na hora de aprender o conteúdo e absorve tudo de forma mais simples.

Ser inovador: conhecer novidades e tendências, estar presente em feiras e palestras do segmento educacional é extremamente importante para estar sempre por dentro das inovações e tendências. Além do mais, o líder executivo deve buscar constantemente atualizar seus conhecimentos, o modelo de negócios, marketing e ambiente escolar, com o propósito de proporcionar maior conforto e suporte para a equipe e para os alunos, atendendo, assim, todas as necessidades.

Ser determinado: tomar a frente de ações que afetem diretamente o funcionamento da escola, com o objetivo de alavancar o seu desenvolvimento, faz parte do perfil de uma gestão bem sucedida. Além de estar aberto a ouvir críticas e elogios que partam de membros da equipe escolar, alunos ou pessoas da comunidade.

Trabalhar em equipe: Capacidade de interagir de forma coletiva para o atingimento de metas e solução de problemas e ser aberto com a sua equipe. Ter essa proximidade de estar sempre em contato com todos, alinhando os passos a serem seguidos. Assim, sempre alcançarão resultados positivos e irão manter um padrão de melhoria contínua.

Definir metas: Este é o passo principal de um planejamento bem sucedido. Através da definição das metas, o gestor melhora o desempenho de todos os setores e tem um impacto positivo no financeiro, além da capacidade de considerar as melhores ações em função da competência da empresa ou de sua meta estratégica.

A importância de um bom líder à frente de uma organização educacional

O desenvolvimento de uma organização e sua conquista de espaço no mundo corporativo depende muito da participação de seus colaboradores no processo de crescimento, pois sua equipe deve ser considerada a “alma” do negócio, visto que é  a partir deles que surgem as novas idéias, sugestões, melhorias e críticas para a construção de um trabalho de qualidade. É essencial que o líder da corporação seja, inclusive, o principal motivador e incentivador, para que sua equipe queira realmente fazer parte dos projetos e lutem pelo seu sucesso.

O líder é considerado a peça-chave do seu grupo de funcionários, além de ser quem deve cuidar do clima organizacional, estar aberto a conversas com o grupo e liderar o andamento dos processos internos. Cabe a ele, ainda, devido a suas qualificações e seu cargo, ser o alicerce de sua equipe e influenciar, de maneira positiva, todos os liderados, de modo que sempre consigam atingir todas as suas metas e resultados com força de vontade, sintonia e empenho.

Ele deve conhecer bem a sua equipe e se esforçar para ser um reflexo de um bom profissional, sempre comprometido com suas responsabilidades e com seu papel perante a todos da organização. O líder também deve estar sempre atento à coerência de seus discursos e suas atitudes, além de sempre se preocupar com seus colaboradores e ser atencioso com suas necessidades. Desta maneira, ele terá sempre o apoio e a admiração do seu time.

Dicas para desenvolver novas habilidades necessárias à liderança de uma organização educacional

– Seja apaixonado pelo que você faz: ninguém quer procurar conselho de alguém que não se importa com o negócio. A paixão está relacionada com o esforço, ela nunca te deixa desistir ou estagnar. Quando você demonstra entusiasmo e paixão autênticos, pelo resultado final de seu trabalho, a equipe que trabalha com você continua se dedicando em direção aos seus objetivos.

– Invista tempo esclarecendo seus objetivos e solidificando-os: após formular o plano a ser seguido e estabelecer referências significativas ao longo do caminho, você terá um mapa e uma metodologia que guiarão seus negócios para o futuro. Depois de atingir um objetivo específico, olhe sempre para o próximo. O esforço constante para atingir essa nova meta dará a você e aos seus funcionários um senso de significado e orgulho.

– Esteja disposto a admitir quando errar: até mesmo os líderes mais poderosos e inspiradores acabam cometendo erros. Seja aberto sobre seus fracassos e discuta-os consigo e com sua equipe, você também aprenderá com eles. Quem quer saber como desenvolver a liderança no trabalho, deve aprender a reconhecer sucessos e fracassos.

– Ajude seus colegas de trabalho a resolver um problema: ofereça seu tempo livre para ajudar alguém que, por algum motivo, se encontre com dificuldades. Não importa onde você esteja na hierarquia, você continua sendo um membro da equipe, vocês estão juntos por um objetivo em comum.

– Mostre iniciativa e assuma projetos: uma maneira de desenvolver a liderança no trabalho é assumir mais responsabilidades. Você não deve assumir mais do que você pode lidar, mas você precisa fazer mais do que simplesmente o que é solicitado na descrição do seu trabalho se você quiser crescer. Sair da sua zona de conforto é a única maneira de aprender algo novo. Isso possibilita ser notado pelos executivos como alguém que toma a iniciativa e se preocupa com o desenvolvimento de liderança na empresa.

– Continue aprendendo: mantenha seus conhecimentos afiados e suas habilidades frescas. Isso prepara você para qualquer desafio que possa surgir em seu caminho, o que é sempre uma coisa boa em um líder. Não fique focado somente nas habilidades técnicas, pois não é somente isso que te fará crescer na empresa. Você pode investir, por exemplo, em cursos de liderança e gestão de pessoas. 

– Resolva conflitos: não seja um causador de problemas, seja aquele que os resolve. Em um ambiente com diversas pessoas, nem todo mundo vai se dar bem o tempo todo e, por isso, não espere que conflitos interpessoais desapareçam. Discuta-os falando com os envolvidos em particular. Além de tudo, esteja aberto para redistribuir membros da equipe se o conflito não puder ser resolvido.

Torne-se um líder de educação digital com a Future Education

O curso de liderança executiva de produto educacional da Future Education oferece a líderes e executivos do mercado educacional uma visão prática, digital e de vanguarda sobre transformação digital aplicada à educação, ministrada por reconhecidos e experientes executivos com trajetória por empresas internacionais de educação como Cengage, McGraw-Hill Education, Udemy, BID e Curseria. 

Ao final do curso você será capaz de:

  • Entender o cenário competitivo das empresas de educação no Brasil e no mundo;
  • Traduzir as necessidades de produto ao plano estratégico da empresa;
  • Entender quem são seus competidores em um mercado com novas fronteiras competitivas;
  • Entender como se diferenciar de seus competidores;
  • Criar análises de competidores baseadas em features de produto;
  • Realizar estimativa de tamanho de mercado para novos produtos ou funcionalidades;
  • Saber diferenciar a missão, visão e a estratégia em empresas educacionais;
  • Elaborar OKRs mais estruturados para suportar uma estratégia de produto educacional diferenciado;
  • Elaborar planos de validação com clientes para aprimoramento de funcionalidade e estratégias de produto educacional;
  • Elaborar apresentações para comitês executivos e investidores.
  • Dentre os conceitos que serão abordados pelo curso da Future Education, você irá aprender sobre as principais habilidades necessárias para liderar uma empresa de educação digital, bem como a cultura de produto alinhada à estratégia de negócio, metodologias e ferramentas para uma gestão hábil.

Você será capaz de colocar em ação durante o curso, todas as habilidades indicadas na seção O que você vai aprender. Serão aulas ao vivo, mais de 10 estudos de casos reais, leituras complementares, ferramentas e e-books.

Inscreva-se na próxima turma já!

Leave a Comment