Guia completo sobre a metodologia ativa Role Play: o que é, como aplicar e suas vantagens

O conceito primário da metodologia ativa “Role Play” surgiu na década de 70, a partir do RPG (Role Play Game), estilo de jogo desenvolvido por estudantes de história dos EUA e que tinha como principal intuito, estimular a criatividade e o trabalho em grupo. Este tipo de jogo consiste, basicamente, na união de um grupo de amigos para construir uma história, uma espécie de teatro de improviso, e traz inúmeras vantagens quando aplicado à aprendizagem. 

Em sua essência, o Role Play é um exemplo de “aprender fazendo”. Através dessa metodologia ativa, é possível que os alunos apliquem ativamente conhecimentos, habilidades e compreensão para falar e agir com sucesso de uma perspectiva diferente atribuída. Além do mais, o Role Play os desafia a pensar criativamente sobre como outras pessoas se sentiriam, pensariam e reagiriam a uma determinada situação. 

Por meio desta dinâmica, os estudantes, muitas vezes, podem aprender a se preocupar mais com o que estão aprendendo, pois compreendem mais profundamente sobre as implicações pessoais e sociais do conteúdo exposto em sala de aula. As dramatizações podem, portanto, ser usadas para abordar uma ampla gama de objetivos de ensino e resultados de aprendizagem e é importante pensar sobre o que você deseja atingir utilizando-a em seu curso.

Veja, a seguir, o que, como aplicar e as principais vantagens da metodologia ativa “Role Play” para a sua instituição de ensino. 

Mas afinal, o que é a metodologia ativa Role Play?

A metodologia ativa “Role Play”, também conhecida como jogo de papéis, trata-se de um conjunto de simulações e/ou encenações a respeito de um tema ou evento, em específico, e que pode ou não condizer com a realidade. Em suma, o Role Play fornece um ambiente de ação para os estudantes experimentarem as respostas emocionais e intelectuais de uma identidade assumida ou circunstância imaginada.

É basicamente um método capaz de auxiliar o estudante a entender e aprender sobre como cada determinado assunto é tratado. Na aprendizagem, esse recurso pode ser utilizado para incentivar um maior engajamento dos estudantes acerca dos conteúdos ofertados em sala de aula, ocasionando também numa maior eficiência no processo de aprendizagem

Como implementar a metodologia ativa Role Play em sala de aula?

1ª atente-se ao planejamento inicial: o primeiro passo para uma implementação bem-sucedida do Role Play em sala de aula, é estabelecer os objetivos e principais métodos da sua implementação. É de extrema importância que os discentes possuam uma básica noção sobre o tema proposto e que o docente discrimine as regras e políticas de funcionamento do jogo;

2ª determine os cenários e o contexto da dramatização: para o Role Play funcionar como dinâmica de aprendizagem, é fundamental pensar no cenário e contexto da dramatização, o que pode levar um certo tempo do professor. É importante escolher cenários e contextos que chamem a atenção do estudante e que garantam a sua participação durante todo o desenrolar da atividade;

3ª defina o tipo e o número de personagens: além das funções para as pessoas que estão participando como atores da simulação, você deve atribuir funções de processo aos demais alunos, dividindo-os em grupos. Pode existir um aluno ou grupo pensado para agir como ‘’moderador’’ (que pode, por exemplo, intervir se uma pessoa está saindo do personagem) ou como “observador” que é quem vai interpretar e comentar a ação após finalizada a simulação;

4ª inicie com um evento crítico: ao elaborar o enredo básico, é melhor iniciar a ação por meio de um evento crítico ao qual os jogadores devem responder, como um comentário de um dos atores ou um incidente que acabou de ocorrer. O enredo pressupõe também a construção de scripts para cada personagem envolvido;

5ª teste a execução antes de oficializá-la: para a execução da metodologia, é necessário que os estudantes testem o recurso, antes de apresentá-lo. Deixe que os estudantes desenvolvam suas ações e enredo com um público pequeno, para depois expor seu trabalho a outros professores ou classes; 

6ª hora de avaliar o resultado: essa etapa consiste na análise do Role Play, quando o docente avalia as apresentações dos estudantes por meio da metodologia e analisa se, de fato, estes entenderam a matéria. Independente do resultado, porém, você deve incentivá-los a aprender e refletir sobre os seus erros e acertos.

Quais as vantagens da metodologia ativa Role Play?

São inúmeras as vantagens que o uso da metodologia ativa Role Play pode trazer para sua instituição de ensino. Conheça as principais, a seguir:

1 – Desperta o interesse do aluno: a utilização de metodologias ativas como o Role Play, no processo de aprendizagem, proporciona um maior engajamento e interesse do corpo discente por tratar-se de um método inclusivo de ensino e que permite uma maior interação com os colegas, além de uma maior compreensão da matéria proposta em sala de aula;

2 – Decisões e ações: a partir da ferramenta do Role Play na educação, é possível propor diferentes simulações ao longo do processo de aprendizagem, de forma que o estudante poderá praticar diversos modos e tipos de comportamentos e adquirir uma visão mais ampla sobre um cenário ou profissão futura de atuação;

3 – Feedback de forma rápida: com a aplicação do Role Play, é possível que o aluno experimente, com seu grupo ou sozinho, diferentes viés das metodologias ativas e que propõe uma aprendizagem mais interativa e expansiva. Desta forma, ele poderá dizer se a experiência foi positiva ou negativa e o docente poderá obter os tão importantes feedbacks dos estudantes de maneira rápida e instantânea;

4 – Criação de ambiente: o Role Play também permite a criação e a implementação de ambientes controlados de aprendizagem, conceito que determina que os estudantes tenham a possibilidade de serem mais criativos em suas criações e possam dialogar e colaborar uns com os outros, de modo mais dinâmico e orgânico.

A Future Education e o seu papel enquanto escola com foco na aprendizagem digital

A Future Education é uma escola digital focada em habilidades relacionadas ao futuro da aprendizagem, alcançamos este objetivo oferecendo certificações e cursos que ajudam as pessoas e as organizações a utilizarem a aprendizagem digital para habilitar novas estratégias, capacidades e narrativas de crescimento que sustentem o desenvolvimento de sociedades mais justas, igualitárias e prósperas.

Através dos conteúdos didáticos disponibilizados de forma online, a retomada dos temas trabalhados em sala de aula é otimizada e o fluxo fica melhor e muito mais dinâmico. A tecnologia deve ser entendida como aliada dos processos em qualquer estágio da aprendizagem e estando ou não dentro de um contexto de pandemia. 

Dentre as opções de cursos para aprimorar a aprendizagem digital dos seus estudantes, a Future Education oferece o “Mudança da Mentalidade: do ensino para a aprendizagem”, no qual você aprende a conduzir uma mudança de mentalidade do ensino para a aprendizagem e o “Metodologias ativas para cursos online”, onde você desenvolve novas habilidades para ministrar aula e facilitar processos de aprendizagem.

Estão disponíveis também os cursos de “Desenho de Cursos Online, Presenciais e Híbridos”, no qual você aprende a desenhar processos de ensino-aprendizagem eficazes com garantia da qualidade da aprendizagem e, por fim, o “Tecnologias para Aprendizagem”, que irá te auxiliar a utilizar tecnologias educacionais em prol de gerar maior engajamento e aprendizagem.

Aprendendo a garantir o aprendizado centrado no aluno, utilizando metodologias ativas, novas estratégias, tecnologias e métodos de ensino-aprendizagem inovadores. Acesse o site e fale com um dos nossos consultores!

Leave a Comment