gerente de produto educacional

Gerente de Produto Educacional: guia completo sobre a profissão

Gerente de produto educacional: descubra tudo sobre a profissão de Gerente de Produto Educacional, veja quanto ganha e como está a demanda no mercado.

Você sabe o que faz ou quanto ganha um Gerente de Produto Educacional, no Brasil? Esta profissão, ainda que bastante nova no mercado brasileiro, tem recebido grande destaque nos últimos meses, graças à evolução corriqueira do processo de transformação digital e à necessidade de diferenciação competitiva, sentida pelas grandes instituições de ensino, durante a crise pandêmica.

De modo geral, o profissional responsável por gerir um Produto Educacional é necessário, quando ocorre, ou deseja-se, a construção de um produto (seja ele digital ou não) eficiente e de grande impacto, para o setor educacional. Ele será o grande aliado das instituições de ensino para gerir, melhorar e evoluir o produto, bem como por definir o seu modelo estratégico e de atuação.

O setor da educação tem se mostrado, já há alguns anos, bastante promissor. Inúmeras inovações surgem, dentro do segmento, a cada dia que passa e é preciso atentar-se às principais tendências, bem como às profissões mais quentes e procuradas pelas empresas, para manter-se ativo no mercado. A seguir, descubra tudo sobre a profissão de Gerente de Produto Educacional, veja quanto ganha e como está a demanda para este profissional no mercado.

Mas afinal, o que faz um Gerente de Produto Educacional?

Um Gerente de Produto Educacional é responsável, basicamente, por pensar, criar, gerenciar e acompanhar um Produto Educacional, de ponta a ponta. É um profissional que integra, de modo geral, as áreas técnicas, as áreas de negócio e as áreas acadêmicas, juntando, assim, todos os aspectos que constituem um bom Produto Educacional. 

Quais requisitos um bom Gerente de Produto Educacional precisa preencher?

Um Gerente de Produto Educacional precisa, antes de mais nada, desenvolver uma série de habilidades como, por exemplo, uma excelente comunicação verbal e escrita, empatia para com os clientes e membros do time, saber manter um bom relacionamento com a empresa em que atua e, ao mesmo tempo, ser extremamente organizado e analítico. Este profissional é essencial para o sucesso do produto educacional que gerencia e, portanto, deve gostar de investir horas estudando problemas e pensando em como resolvê-los propriamente, de modo a tornar o produto melhor, diariamente. 

Este profissional deve buscar conhecimento de negócio sobre o setor educacional, entender e saber ministrar a priorização de suas tarefas, bem como ser capaz de lidar com problemas não estruturados, ownership e, entre outras coisas, ser apto a desenvolver a capacidade de liderança. 

Um Gerente de Produto Educacional, como o próprio nome diz, gere um produto e não pessoas, o que quer dizer que, embora este profissional não vá ser, necessariamente, o líder de um time, ele precisa trabalhar intensamente para construir um produto e, para tal, precisará saber lidar com as pessoas. 

Assim, embora muitas destas habilidades possam ser adquiridas com o estudo ou com a prática, é preciso que o profissional que deseja chegar a esta função tenha, em sua essência, a vontade e a curiosidade de aprender e estudar. E aí, se identificou?

Qual é a demanda de Gerente de Produto Educacional, atualmente, no Brasil?

Embora a demanda de Gerente de Produto Educacional no mercado brasileiro, seja tida como uma demanda particularmente nova, uma vez que a visão da carreira é bem recente e também porque o próprio entendimento sobre um curso, escola ou aplicativo escolar fazer parte, na verdade, de um produto educacional, é bastante novo. 

Assim, todo o mercado de edtechs, no Brasil, como as escolas, faculdades, centros de cursos livres, idiomas e pós-graduação, e também a educação corporativa que produzem produtos educacionais, dispõem desta demanda para o desenvolvimento e aprofundamento dos seus produtos educacionais. 

Um Gerente de Produto Educacional é, portanto, imprescindível para a garantia de integração entre as áreas técnicas, tecnológicas, de negócios e acadêmicas, que geralmente tem pouca interação entre si, e a construção de um relacionamento capaz de gerar a construção eficiente do produto. 

Além do lançamento do produto, o profissional também deve acompanhar e mensurar os processos, de modo a medir o sucesso ou insucesso deste para a instituição de ensino em questão.

Quanto ganha um Gerente de Produto Educacional?

A média salarial de um Gerente de Produto Educacional no Brasil, segundo comparações disponíveis no Glassdoor, gira em torno de R$ 11 mil reais por mês. Tal remuneração, porém, pode variar de acordo com a classificação da vaga (júnior, pleno ou sênior), bem como de acordo com a empresa contratante.

A média citada para o cargo de gerência em produto, com especialização no setor da educação é superior, por exemplo, à praticada para o cargo geral de Gerente de Produto, o quê, além de ser um ótimo sinal, também destaca uma baita oportunidade de crescimento salarial, principalmente, para aqueles que possuem pouco ou médio conhecimento na área e buscam se aprofundar ainda mais. 

Como se forma um Gerente de Produto Educacional?

O método atual mais prático para a formação e desenvolvimento de um profissional em Gerente de Produto Educacional, é a educação digital. Afinal, por meio dela, é possível aprofundar-se em teorias e conteúdos práticos sem, necessariamente, abster-se da rotina profissional na companhia atuante ou deslocar-se, diariamente, para um espaço físico. 

A própria Future Education, por exemplo, dispõe de inúmeras opções de cursos, altamente recomendados por profissionais do mercado, para a formação de Gerentes de Produto Educacional. Assim, com o auxílio de docentes capacitados e que possuem prática na área, os estudantes podem fazer uma imersão e adquirir novas competências (comprovadas em certificado) rapidamente.

A Future Education e o seu papel enquanto escola digital

Somos uma escola digital focada em habilidades relacionadas ao futuro da aprendizagem e alcançamos este objetivo oferecendo certificações e cursos que ajudam as pessoas e as organizações a utilizarem a aprendizagem digital para habilitar novas estratégias, capacidades e narrativas de crescimento que sustentem o desenvolvimento de sociedades mais justas, igualitárias e prósperas.

Na Future Education, você aprenderá com os Gerentes de Produto Educacional do mundo real que trabalham para as principais empresas de Educação e Edtechs como Quero Educação, EduK, Nova Escola e Kanttum. Com essa experiência prática, nossa formação on-line de Gerente de Produto Educacional o ensinará a criar produtos educacionais digitais de ponta a ponta, expandir sua rede e ajudá-lo a conseguir seu trabalho futuro em produtos no mercado educacional. 

Conheça as principais razões para aprender com a Future Education:

1: Garantia de aplicabilidade do conhecimento;

2: Somos líderes no desenvolvimento de soluções educacionais no Brasil e em Portugal;

3: Nossa equipe de facilitadores é a mais experiente no Brasil para unir tecnologia, negócios e educação;

4: Metodologia própria baseada em uma década de experiência em aprendizagem;

5: Maior comunidade de gerentes de produto educacional da América Latina.
Torne-se um Gerente de Produto Educacional agora mesmo, acesse o site e fale com um dos nossos consultores!

Leave a Comment