Conheça os diferentes tipos de aprendizagem

O conceito da educação que está sempre em busca dos mesmos resultados, que ignora a individualidade do estudante e trata a aprendizagem como um mero reflexo da revolução industrial, onde os alunos são levados a executarem sempre as mesmas atividades, independente de sua necessidade ou dificuldades, está ultrapassado. Há anos que a educação foi transformada pela tecnologia e isso trouxe modificações positivas para o surgimento de uma diversidade de formas de aplicação da aprendizagem, onde aliada com novas formas de comunicação e a construção de novas habilidades, competências e atitudes significativas fazem toda a diferença.

Isto porque, cada estudante possui sua própria maneira de absorver informações, de acordo com suas particularidades e necessidades, por isso, nem todos se desempenham em todas as suas atividades da mesma forma. Uma pesquisa realizada em 1990 pelo psicólogo norte-americano Howard Gardner da Universidade de Harvard, constatou que existem vários modelos de aprendizagem diferentes, por isso, um tipo de estudo não pode ser generalizado para todos os estudantes, ou seja, o que pode funcionar para um, pode não ser eficaz para o outro.

Ao longo do processo de aprendizagem acontecem muitas mudanças comportamentais com o indivíduo, as quais são dadas através de experiências construídas por diversos fatores emocionais e neurológicos relacionados ao ambiente, onde o professor torna-se o cúmplice no processo de aprendizagem do aluno e onde o conhecimento precisa ocorrer de forma contínua. Para uma aprendizagem eficiente, é necessário que haja mediação com muita interatividade de todos os envolvidos no ambiente, onde os docentes são responsáveis por facilitar os caminhos a serem seguidos. 

A tecnologia trouxe um cenário totalmente digital e por isso, as instituições de ensino precisam estar devidamente preparadas para incentivar uma transformação real na estrutura educacional do contexto tradicional, exigindo uma ação colaborativa, na qual os estudantes devem fazer parte da execução, sendo menos passivos do que no ensino tradicional. Conheça, a seguir, os diferentes tipos de aprendizagem!

Mas afinal, quais são os tipos de aprendizagem?

Conhecer e saber identificar o tipo de aprendizagem mais adequado para cada aluno é muito importante, pois facilita na absorção de conteúdos para que os alunos possam adquirir melhor os conhecimentos, aprimorando, assim, as funções cognitivas utilizadas em atividades cotidianas e profissionais como memória, linguagem, percepção visual, lógica, raciocínio, entre outras.

Ao longo da história, cientistas foram observando como as pessoas assimilam os conhecimentos de maneiras diferentes. A partir disto, teorias foram criadas e ao longo do tempo, foram desenvolvidos inúmeros tipos de aprendizado para auxiliar na absorção dos conteúdos com mais facilidade, para que assim, conseguissem se adaptar à sua rotina de aprendizado.

A partir do entendimento de que cada aluno possui seu jeito único de aprender e habilidades e conhecimentos diferentes um do outro, os tipos de aprendizagem são designados. Tendo em vista a teoria das inteligências múltiplas, os diferentes conceitos de aprendizagem evidenciam que ter um autoconhecimento faz toda a diferença na hora de perceber quais técnicas serão utilizadas de acordo para o perfil de cada um.

Dentro desse conceito, temos então as duas teorias mais utilizadas, que são a teoria VARK e a Teoria de Kolb, a qual leva o nome de seu criador.

Teorias VARK (Visual, Auditivo, Escrita e Cinestésico):

1 – Aprendizagem Visual: Cada indivíduo possui um tipo de aprendizagem visual e com isso consegue absorver melhor os conteúdos através de estímulos gráficos. 

2 – Aprendizagem Auditivo: Os indivíduos que fazem parte deste grupo conseguem assimilar os conteúdos através da audição. Para estes, as aulas expositivas são muito bem aceitas.

3 – Aprendizagem Escrita: Nesse tipo de aprendizagem, os indivíduos preferem ler e, por isso, gostam de fazer anotações de toda a matéria que está sendo dada em sala de aula, além de terem o costume de usar palavras-chave para sua melhor interpretação.

4 – Aprendizagem Cinestésica: Já os alunos desse tipo de aprendizagem têm mais facilidade de aprenderem na prática, métodos lúdicos etc. Em outras palavras, o famoso mão na massa.

Já a teoria de Kolb, refere-se aos adulto de maneira geral e leva o nome do seu próprio criador:

Adaptadores ou acomodadores: Nessa teoria os indivíduos gostam de aprender por meio da experimentação, ao invés de ficar estudando teorias e utilizando manuais. Ou seja, errando e aprendendo. 

Assimiladores: Esse tipo é totalmente o oposto dos adaptadores, sua preferência é de estudar através de teorias, pois possuem uma maior afinidade com ideias abstratas. 

Divergentes: Já os divergentes possuem uma capacidade muito mais criativa e uma imaginação bem estimulante. Gostam de aprender por meio de sensações e observações e, normalmente, costumam ser empáticos e mais emocionais.

Convergentes: Os convergentes são indivíduos que possuem um perfil mais de aplicação de ideias e gostam de tomar decisões rápidas. Entretanto, podem não preferir ter muitas opções, pois tendem a se perder facilmente. 

Quais os benefícios dos diferentes tipos de aprendizagem?

O principal intuito dos diferentes tipos de aprendizagem é auxiliar todos os alunos em sala de aula, para que todos possam aprender o conteúdo, mesmo que de diferentes maneiras. Mas você conhece os outros benefícios? Leia a seguir, os principais benefícios:

Juntar-se a tecnologia:

É essencial o uso de tecnologia que possa fornecer metodologia como inteligência artificial, para analisar todos os dados do aluno e permitir que as instituições de ensino forneçam um processo educacional personalizado para cada aluno.

A IA está pronta para gerar insights altamente precisos, de maneira que possam desenvolver as melhores ações corretivas para todos e otimizem as aprendizagens adquiridas a cada uma das interações. Ela também permite que a escola acompanhe cada aluno de forma totalmente individualizada e treine a família para atender as reais necessidades de cada criança e adolescente, fornecendo sugestões para o aprendizado adquirido em cada interação.

Preparar os educadores para personalizar a aprendizagem:

Para que o ensino personalizado forneça os resultados esperados, os professores naturalmente precisam estar preparados para isso. Os professores devem entender como avaliar os interesses, pontos fortes e necessidades de cada aluno. Assim, eles serão capazes de orientá-los corretamente em seu próprio caminho.

Aplicação de metodologias ativas:

As metodologias ativas também são o núcleo da aplicação do ensino personalizado. Pois, sob a mediação efetiva da equipe de ensino, elas permitem que os alunos se expressem e assumam a liderança na aprendizagem. 

Por sua vez, um ambiente flexível ajuda a criar um espaço mais propício para o diálogo e a colaboração, possibilitando aos alunos transferir facilmente de tarefas individuais para grupos e a apresentação de ideias.

Alteração da mentalidade:

Existem barreiras para a educação personalizada, porque ela não apenas requer o método certo ou a tecnologia certa, mas também uma mudança na maneira de pensar. Em uma sala de aula de ensino personalizada e centrada no aluno, todos têm a oportunidade de aprender e ensinar, portanto, a motivação tradicional deve dar lugar para que os alunos possam assumir esse papel ativo.

Quais os resultados gerados ao aplicar os diversos tipos de aprendizagem?

Aprimora o relacionamento dos alunos com professores: nesta metodologia, o professor deixa de ser a figura central, mas oferece essa posição aos alunos. Logo, os alunos começaram a ver o professor como alguém que pode ajudá-lo a chegar onde ele quer e melhorar o relacionamento entre eles.

Além desta nova perspectiva sobre o papel do professor, a tecnologia, amplamente utilizada nesse tipo de apoio ao ensino, promove um diálogo mais direto e horizontal, inexistente nos modelos tradicionais de ensino

Melhora o desempenho dos alunos:

O resultado da proposta diz respeito à personalidade do aluno e a melhoria do desempenho. Isso ocorre porque foram feitos ajustes para facilitar o processo de aprendizagem para todos, para que os resultados sejam melhores. 

A personalização permite que cada aluno desempenhe o melhor papel, valorize seus pontos fortes e fortaleça seus pontos fracos. Por meio da orientação correta de aprendizagem, os alunos podem crescer rapidamente e estabelecer hábitos de desenvolvimento saudáveis.

Adaptação às necessidades do aluno:

O aluno está mais apto a se adaptar aos desafios da educação e substituir quaisquer dificuldades iniciais por algo mais simples para ele. Isso significa que um processo de aprendizagem que atenda às suas necessidades pode ser promovido.

Lembre-se de que a personalização respeita o tempo e as características dos alunos. É seguindo esse princípio que a adaptação se torna mais simples e eficaz, proporcionando um desenvolvimento real de acordo com as características de cada aluno

Cada aluno pode aprender em seu tempo:

Cada aluno possui uma velocidade de desenvolvimento própria, mas também existem situações em que os alunos têm mais dificuldades do que os seus pares. Como resultado, algumas pessoas ficam para trás nas aulas, enquanto outras perdem o interesse em aprender devido à falta de progresso. 

Encontrar uma velocidade adequada para um grande grupo de alunos é muito difícil, portanto, os alunos mais rápidos devem ter oportunidades de desenvolvimento contínuo. Da mesma forma, as pessoas mais lentas precisam respeitar seu tempo e reforçá-lo por meio de conteúdo para que possam realmente aprender

A Future Education e o seu papel enquanto escola digital com foco na aprendizagem digital

A Future Education é uma escola digital focada em habilidades relacionadas ao futuro da aprendizagem.

Alcançamos este objetivo oferecendo certificações e cursos que ajudam as pessoas e as organizações a utilizarem a aprendizagem digital para habilitar novas estratégias, capacidades e narrativas de crescimento que sustentem o desenvolvimento de sociedades mais justas, igualitárias e prósperas.

Aprenda a garantir o aprendizado centrado no aluno, utilizando metodologias ativas, novas estratégias, tecnologias e métodos de ensino-aprendizagem inovadores. Acesse o site e fale com um dos nossos consultores!

Leave a Comment