aprendizagem digital no ensino superior

Aprendizagem digital no ensino superior: princípios, tendências e metodologias

Aprendizagem digital no ensino superior: Veja, a seguir, o que é e como funciona um produto educacional.

A aprendizagem digital possui, dentre uma de suas principais finalidades, orientar e incluir a contextualização teórica por meio de recursos interativos. Por exemplo, os games, oficinas, mapas conceituais e enquetes que formalizam propostas e conceitos e tornam o aprendizado mais interativo e atrativo para os estudantes

Tudo que vem acontecendo no mundo neste último século tem um peso muito grande, uma vez que estamos sendo bombardeados por evoluções diárias. Que nos impulsionam a aprender e utilizar tais conteúdos para promover um melhor ensino para os estudantes.

A aprendizagem digital requer uma ligação muito grande entre as práticas de ensino tradicionais, avanços tecnológicos que trouxeram grandes mudanças para a educação Brasileira. 

Com a chegada da pandemia, inclusive, a aprendizagem digital ganhou muito mais destaque sobre sua capacidade de alcance e de seus desafios. Tornando-se o foco de muitas instituições e que tem, como intuito, melhorar o aprendizado e destacar-se perante a concorrência.

Veja, a seguir, o que é e como funciona a aprendizagem digital no ensino superior.

Mas afinal, o que é aprendizagem digital e quais são suas metodologias?

A aprendizagem digital é, de modo bem simples, a utilização da tecnologia para fins educacionais, onde os professores adaptam seus métodos pedagógicos de ensino para realizar atividades diferentes e incentivar os seus alunos a interagir e engajar mais e melhor durante as aulas. 

Atualmente estão sendo muito utilizadas, dentro do conceito de educação digital, por exemplo, as plataformas de chamadas de vídeo online como o Google Meet e o Zoom.

A importância da aprendizagem digital para o ensino superior no Brasil

A aprendizagem digital nos convida a procurar entender a desconstrução de velhos costumes de uma cultura que existia lá atrás. Mas que mantém os mesmos propósitos e o mesmo foco de ensinar e capacitar pessoas, de modo a auxiliar  o desenvolvimento de uma autonomia que antes não existia. 

O conceito de aprendizagem digital é de muita importância e proporciona muitas vantagens para o ensino superior como, por exemplo, a flexibilidade de adaptação para qualquer tipo de rotina.

Onde o aluno tem liberdade para fazer suas próprias escolhas de horários, dias e a forma como desejam estudar.  

A capacitação prévia do corpo docente é fundamental para uma aprendizagem digital mais competente.

Através da modalidade, é necessário um melhor planejamento das atividades, concepção de novas formas de avaliação, a produção e disponibilização organizada de objetos de aprendizagem. Esse somam à mediação que privilegie a participação mais colaborativa e menos centrada nas aulas. 

Atualmente, no contexto atual de pandemia, muitas instituições de ensino superior migraram forçadamente para o universo digital, porém, é necessário chamar a atenção das instituições para um aspecto.

Se a aula continua seguindo o mesmo formato tradicional expositivo, que costumava seguir antes da pandemia, porém apenas com o uso dos recursos digitais, ela não é adepta da aprendizagem digital.

Ter o professor como mediador e facilitador do aprendizado, muito mais do que apenas como um expositor de conhecimentos, é o que de fato ensinará e auxiliará a construção de aprendizagem em conjunto com os alunos, de maneira mais colaborativa e portanto, dentro do âmbito de aprendizagem digital

Primeiramente, a aprendizagem digital de boa qualidade pede que as trilhas de aprendizagem sejam antecipadamente planejadas, mas abertas o suficiente para permitirem a personalização e os aportes trazidos pelos alunos.  As metodologias ativas são priorizadas. 

Principais tendências da aprendizagem digital para o ensino superior

São inúmeras as tendências da aprendizagem digital para o ensino superior. Descubra, a seguir:

Inteligência artificial:

Essa tendência permite aos alunos entender e adotar convicções que aprenderam de forma mais eficiente e absoluta. Com uma grande diversidade de programas baseado na inteligência artificial. 

Gamificação:

Tal tecnologia surgiu para trazer muito mais dinamismo para a aprendizagem, motivando-os a aprender por meio de jogos interativos. Como os quizzes, para despertar o interesse e absorção de conteúdos. 

Avaliações Externas:

Outra dica para implementar a aprendizagem digital no ensino superior, é através do uso de dados coletados dos estudantes. Sempre levando em conta, é claro, a realidade da instituição de ensino.

Ensino Híbrido:

Esta tendência permite que o aluno tenha a opção de aprender no ambiente escolar e em sua casa por meio de uma plataforma de aprendizagem ou de aplicativos digitais.

Metodologias ativas: 

Essa tendência corrobora para o relacionamento do professor com o estudante e trata-se, basicamente, como citamos acima, ao fato de que o estudante deve ser o maior protagonista do processo de aprendizagem.

Para que, assim, a comunidade escolar amplie a capacidade de absorção de conteúdos que gerem mais autonomia e engajamento e deixem de investir somente em aulas expositivas e que pouco agregam ao contexto atual dos estudantes brasileiros.

Aprendizagem digital no ensino superior: o melhor para os seus alunos

O grande benefício da educação digital é que ela proporciona aos educadores uma diversidade de métodos de ensino. Essa variedade de possibilidades não só aumenta as chances de engajamento dos estudantes em sala de aula, como também influencia diretamente na adaptação destes aos recursos digitais.

Através dos conteúdos didáticos disponibilizados de forma online, ainda, a retomada dos temas trabalhados em sala de aula é melhorada e o fluxo fica melhor e muito mais dinâmico. A tecnologia deve ser entendida como aliada nos processos, em qualquer estágio da aprendizagem e estando ou não, dentro de uma pandemia. 

Dentre as opções de cursos para aprimorar a aprendizagem digital dos seus estudantes, a Future Education oferece o “Catalisador de Aprendizagem”, no qual você aprende a conduzir uma mudança de mentalidade do ensino para a aprendizagem e o “Facilitador de Aprendizagem Digital”, onde você desenvolve novas habilidades para ministrar aula e facilitar processos de aprendizagem.

Estão disponíveis também os cursos de “Especialista em Aprendizagem Digital”, no qual você aprende a desenhar processos de ensino-aprendizagem eficazes e com garantia da qualidade da aprendizagem e, por fim, o “Gestor de Ensino e Aprendizagem”, que irá te auxiliar a aprender novas habilidades para gerenciar equipes de ensino-aprendizagem.

Aprenda a garantir o aprendizado centrado no aluno, utilizando metodologias ativas, novas estratégias, tecnologias e métodos de ensino-aprendizagem inovadores. Acesse o site e fale com um dos nossos consultores!

Leave a Comment